<$BlogRSDURL$>

2004-05-31

Texas Bronco





" ... Abu Gharab ... no,no... Abu Gharib ... no,wrong ... Abu Gharaba ..."
Justiça a quem de direito


Tal como é importante apontar as situações graves e prejudicam o nosso pais, também é importante realçar quando acções com bom senso são tomadas.

Aqui ficam os meus parabéns aos homens do sindicato do SEF e ao seu presidente Gonçalo Rodrigues, pelo seu bom senso e seu sentido de estado.

Votos sinceros de que se resolvam os problemas existentes.

2004-05-26

Óptimo. Conseguimos!!!

Os nossos objectivos estão a ser conseguidos. Vimos um post do Blogue de Esquerda II, no qual fazem a tentativa de ridicularizar o nosso Blog.

Esta é uma estratégia muito utilizado pelo BE e dos extremistas de esquerda.

Tentam apalhaçar o trabalho dos outros quando sentem ameaçados.

De facto, a nossa forma de escrever, muito pragmática e objectiva, utilizando dados factuais, é difícil de rebater. E isso irrita os extremistas de esquerda.

Quando colocamos provas e factos, retirados de fontes credíveis como sejam:

- A Comissão Nacional de Eleições
- O Expresso
- A RED
- Etc.

Os dados ficam difíceis de contestar.

Mas a miudagem do Blogue de Esquerda II, não gosta de blog’s, com dados políticos que desmintam os post’s circenses que utilizam.

Nada que seja de admirar. A esquerda radical, também não gosta de debates sérios e maduros. Podemos ver as intervenções sempre teatrais do Dr. Anacleto Louça, no parlamento e também aqui de uma forma digna de palhaços, os irritados membros do referido Blog dizem as suas palhaçadas, dignas de garotos.


2004-05-25

Como os radicais de esquerda do Bloco mentem - tácticas do KGB

Por favor leiam a notícia do Bloco de Esquerda sobre a assinatura da nova Concordata entre Portugal e o Vaticano.

Alguns factos não são referidos na notícia e toda a sua construção pretende, pela mentira, levar o leitor a pensar que a Concordata é um grande mal para Portugal. No entanto:

- A Concordata foi revista em 1975 onde, por exemplo, foi instituído o direito ao divórcio.

- Alguns paises preferem Acordos: Espanha, Itália, Israel, Autoridade Palestiniana, Letónia, Lituânia, Croácia e o Kazakistão. No entanto segundo Carlos Azevedo, vice-reitor da Universidade Católica Portuguesa, afirma que “desde que o conteúdo da concordata seja correspondente à novidade dos tempos não há muita diferença”. Como vemos a questão levantada pelo Bloco é menor.

- Vejam esta afirmação do Bloco no referido texto e atenção ao plural: "porque o modelo de Concordata é uma sobrevivência das relações estabelecidas entre a Igreja e os regimes fascistas". Como resposta deixo parte do discurso do Santo Padre quando o Vaticano assinou a Concordata com a Polónia que foi sempre um "pais democrático" quando esteve na órbita da URSS - apenas foi possível assinar esse acordo em 1998:

"Hoje tem início uma nova etapa, que eu definiria normal, nas relações recíprocas entre a Santa Sé e a República da Polónia: estas, de agora em diante, serão reguladas pelo Acordo concordatário. Teve-se de esperar isto durante cinquenta anos. Neste contexto, não se pode esquecer o sistema de governo totalitário imposto na Polónia, quando a nossa Nação foi submetida a muitas humilhações, a muitas injustiças e limitações da liberdade. Procurava-se eliminar a Igreja da vida social e tornar difícil a sua actividade, submetendo-a a sistemáticas perseguições. Todas as dolorosas experiências ligadas com aqueles anos constituem uma parte da nossa história do período pós-guerra."

Conclusão: a Concordata não o que o Bloco afirma mas uma das formas do Vaticano como Estado se relacionar com os restantes paises
A incompreensivel greve do SEF

Os protagonistas do conflito são os inspectores do SEF, uma das carreiras mais bem pagas da Administração Pública: cerca de 570 profissionais, cujos salários, nas três categorias e quando comparadas com os das outras forças de segurança ao nível de um Coronel da GNR ou de um Superintendente da PSP.
in Expresso


Li no expresso à cerca de um mês este artigo sobre o SEF. Nesse artigo a jornalista Valentina Marcelino, coloca um quadro com os salários dos inspectores do SEF.




Podemos verificar que estes senhores ganham mais de 3.000 (três mil) euros/mês. A preços antigos são 600 contos. Portanto os inspectores do SEF, ganham nove vezes mais do que o salário mínimo nacional. Ganham mais de 4 vezes o que os inspectores das outras forças policiais ganham.

E ainda querem ganhar mais!!!

Como contribuinte fico escandalizado. É que nós é que temos de pagar. Quem tem de trabalhar para pagar estes ordenados principescos somos nós.

Quando alguns dizem que o governo não paga o que deve, esquecem-se que o governo está a defender os nossos interesses.

Tendo em conta a situação em que o pais está, em que os salários estão congelados e o estado não tem dinheiro, existe uma classe que acha que ganha pouco. Mais de 600 contos mês. É escandaloso!!!
Depois a forma como estão a desenvolver a sua reivindicação, utilizando um evento que é um orgulho para todos nós, para chantagear o governo e o pais.

De facto, temos de condenar pessoas que utilizam todos os meios para atingir os seus fins. Estes sindicalistas não têm a menor das credibilidades.

Esta luta faz lembrar a dos pilotos da TAP, que também ganhavam ordenados milionários e mesmo assim utilizavam a chantagem para obrigar a administração da TAP a cumprir os seus desígnios.

Ponto negro da imprensa - 25 de Maio 

Vai para a Antena 3

No noticiário das 20 horas a ANTENA 3, comentou a situação da greve do SEF.

Informaram que o sindicato do SEF, criticava a possibilidade do governo utilizar profissionais da Guarda Fiscal, para substituir os inspectores do SEF, que façam greve.

De seguida, dizem esta enormidade:

- A GNR também não concorda com a utilização da Guarda Fiscal.

Em seguida, põem a falar o sindicalista José Manageiro, que de facto critica todas as acções do governo, porque é comunista e tem como objectivo dificultar a acção do governo de Portugal.

Será que a ANTENA 3, não sabe que a GNR não é representada pelo Sr. Manageiro. Este critico terá quanto muito a sua opinião e a de alguns guardas da GNR. Mas de forma alguma ele representa a GNR.

Será incorreção ou manipulação.


2004-05-24

Mais depressa que um coxo

Foi com notória satisfação que assisti ao embaraço de Ricardo Costa quando confrontado pelo Dr. Santana Lopes aquando da saída deste do congresso do PSD.

Em contra-partida, foi com irritação quando a vi passada como uma “gaffe”. Não foi tal.

Em que se baseava o Ricardo Costa para afirmar que era um carro da Câmara de Lisboa? O carro tinha algum dístico autárquico?

Informação privilegiada? Intuição jornalística? Hábitos familiares? Nada disso, o que o director de informação da SIC NOTÍCIAS fez foi MENTIR.

Lembrei-me logo da reportagem deste senhor aquando da manifestação de desagravo ao Dr. Paulo Portas. Nessa altura dizia ele que estavam perto de duas centenas de pessoas. Outra mentira. Não fossem as abençoadas novas tecnologias, hoje de certeza que teríamos a NÃO-NOTÍCIA: Santana Lopes usa carro da Câmara para ir ao congresso do PSD.

Enfim, o homem devia estar enfadado porque os congressistas não cumpriram o horário estipulado. Gostava de saber qual o congresso partidário que o faz.

in Diário Noticias - 24 de Maio de 2004

Quem disse que o congresso do PSD não é divertido? Bastava ver Ricardo Costa anunciar que Santana Lopes se deslocava no carro da Câmara Municipal. Abre-se o vidro da janela e do interior emerge um sorridente Santana: «Olhe que o carro não é da câmara!». E o jornalista: «Mas está a ver a SIC Notícias aí dentro?». Sim, Santana Lopes tinha uma televisão no carro e, dada a proximidade geográfica com o jornalista, fez o primeiro desmentido em tempo real a partir de um automóvel. Um marco na história da televisão.


O pouco crédito do Descrédito

Os nossos colegas do Blog Descredito, gostam dos nossos post's pois várias vezes os comentam. No entanto, na sua ânsia de criticar e destruir tudo o que os outros fazem, aliás em linha como a oposição de esquerda faz neste pais, tem cometido inumeros erros.


Se não vejamos, Sr. Mário Garcia:

1. É dificil comentar num post a queda de um ministro, quando isso ainda não tinha acontecido. Ainda não temos o dom da presciência.

2. Falamos no nome de um ministro, como o Sr. Também o faz. Nós falamos de Figueiredo Lopes, o Sr. em Manuela Ferreira Leite. Como escrevemos sobre politica, tentamos estar informados. Tenho pena que cultivem a aculturação, mas como são de esquerda entendesse.

O Luis Delgado não escreve aqui. E a Diana Andringa, escreve ai?

Ponto Negro da Imprensa - 24 de Maio

Dar voz a minorias

No site da TSF, dos 15 assuntos em destaque temos:

- 2 noticias de economia – 13,33%
- 2 noticia Internacional - 13,33%
- 11 noticias politica nacional – 73,33%, destes:

7 Assuntos vários – 46,66%
4 Sindicatos – 26,66%

Assim podemos reafirmar como já dissemos anteriormente, a TSF é a rádio dos sindicatos.

De uma forma perfeitamente desiquilibrada dão voz aos sindicatos controlados pela esquerda.

Deixamos algumas perguntas. Que peso têm estes sindicatos? Qual é a sua representatividade?

Aqui está um assunto a ser trabalhado, dismistificando e assim provar que a TSF dá muito tempo de antena aos representantes de muito poucos.



Ponto Negro da Imprensa - 23 de Maio

Como primeiro ponto negro da imprensa, só podemos eleger Ricardo Costa, pela forma caricatural como fez a reportagem do Congresso do PSD.

O irmão do radical Dr. António Costa, criticou os congressistas do PSD, por ainda não estarem a trabalhar, à meia noite e assim ele iria ter de estar lá até muito tarde. Parecia que estava a ralhar com miúdos. De facto isto é uma caricatura do que um jornalista profissional deve ser.

Mas a TSF deve pagar horas extraordinárias ou não? Não estou a perceber o problema!!!

Mais uma péssima prestação em desfavor da classe jornalistica.

Sem dúvida, um ponto negro da imprensa.


Os Pontos Negros da Imprensa

O Blog Maioria Não Silênciosa vai a partir de dia 23 de Maio, fazer uma análise diária da imprensa nacional e eleger um comentário, reportagem ou noticia, que pelo cariz tendêncioso, pela inverdades que contêm, pela falsidade da noticia ou por qualquer outro aspecto relevante, mereça ser eleita como o ponto negro da imprensa.

2004-05-21

O Anacletismo Económico: a sua doutrina.

O Anacletismo Económico é uma doutrina económica que simplesmente não fala de economia porque é uma chatice ter de dizer como se poderá aumentar o PNB, criar mais empregos e controlar a inflacção, o que fazer com a Função Pública, etc.

Querem uma prova disso: vejam as Jornadas Parlamentares do Bloco onde se falou dos seguintes temas:

- Acto informativo: O Bloco de Esquerda (BE) e Europa.
- Mesa redonda: Galiza e Portugal perante a constituição europeia.
- Colóquio: Apresentação do projecto do Bloco sobre diagnóstico genético pré-implantatório.
- Colóquio: A procriação medicamente assistida e o diagnóstico genético pré-implantatório.
- Colóquio: As células estaminais e o futuro da Medicina regenerativa.
- Debate Globalização e direitos sociais. A Europa dos povos.

E assim se fala da Economia Nacional.

Para quando debates sérios, Sr. Louçã?

2004-05-20

Respostas aos nossos post’s

Depois de alguns post’s colocados na Blogoesfera, muitas opiniões foram feitas sobre os nossos artigos.

Para aqueles que gostaram e elogiaram os nossos sinceros agradecimentos. Para aqueles que criticaram alguns comentários:

Barnabé
6 de Abril

Comentário sobre o post “ O Anacletismo Económico”

Sempre que se questiona o BE e o seu dirigente Dr. Francisco Anacleto Louçã, surgem de imediato criticas, feitas pelos bem organizados bloguistas dos extremistas de esquerda.

Como as perguntas são incómodas e não têm resposta, pois os radicais do BE não têm propostas a nível económico, para o nosso pais, pois não existe nenhum modelo económico que se adapte às suas ideias. Ou se existe não podem dizer.

Mais uma vez fica aqui lançado o desafio – Qual é o modelo económico que o BE defende?

Respondam se tiverem coragem ou se conseguirem.



Descrédito
12 de Maio

Comentário sobre post's "BE mente, BE paga"

Para si, caro Pedro Sá, devemos ser de extrema-direita, pois todos os que questionam os radicais de esquerda, com argumentos e provas, têm de ser encostados à extrema-direita de forma a os calar identificando-os como extremistas. Mas nós rejeitamos os rótulos e os métodos que a extrema-esquerda usa.

No nosso caso, verá uma enérgica defesa de princípios e valores, que são atacados pelos radicais de esquerda, princípios esses que são comuns à maioria silenciosa deste pais. Essa maioria tem de ser acordada e informada - Essa é a nossa missão.

Comentário sobre o post “ Eles mentem, eles perdem”

Este post’s mexeu com os radicais de esquerda. Dizem que o BE tem dinheiro para gastas em campanhas desta dimensão – mas tem dinheiro como, Sr. Pedro Sá?

Se aplicou mais assim ou mais assado não interessa, o que é importante saber, é como é que tem dinheiro para uma campanha desta dimensão. É isso que é necessário explicar.


Mente quando diz que o PCP e o PP, investem mais em campanhas mas que são menos visíveis.

Prove que estes dois partidos gastam mais. Desafio-o, prove o que diz!

Todos os portugueses podem ver a imensa campanha do BE, compará-la com as dos grandes e médios partidos. Tenho recebido mensagens de outros locais do pais, onde me informaram existir cartazes da campanha do BE. E várias em zonas rurais como nos distritos de Beja e Évora. Mais uma vez Sr.Pedro Sá, está a querer enganar os seus leitores e isso fica-lhe mal.

É triste, que não compreenda que o BE tem sido um partido, que tem tentado acusar todos os outros de corruptos, pouco sérios, de despesistas. Mas fica aqui provado que através de uma análise relativa o BE é o partido mais despesista, do nosso espectro político.

Em relação à criação de riqueza e emprego, só posso dizer que o que afirma não passa de demagogia. Lindas palavras, ocas e sem substância.

É triste quando não se consegue ver o evidente!

São pois um partido que sabe apontar os outros, dando o ar que são incorruptíveis mas que também tem telhados de vidros. Por isso digo mais uma vez.

Investiguem-nos, investiguem-nos ... eles merecem.

Blog de Esquerda

Por mail – 12 de Maio

Recebemos por email um comentário hilariante sobre os nossos post’s, enviado pelo Tchernignobyl. A brincadeira é importante e saudável, mas aqui tentamos falar de temas importantes para a grande maioria dos portugueses, que está a ser manipulada tanto pelos medias como pelos extremistas de esquerda como são o BE e as facções mais radicais do PS.

Basta de palhaçada, aqui nos blogs, como também na Assembleia da Republica. É o que se vê com as intervenções do Dr. Anacleto Louçã. São sempre invenções, como foi o caso da Carlyle, sem provas, sem sustentabilidade politica. O tema foi lançado, como é costume, de uma forma apalhaçada, de forma a tornar a nossa AR num circo.

É esta a forma do BE estar na política. A fazer comédia.

Mas os portugueses precisam de políticos sérios e construtivos, não comediantes destrutivos.

Caro Tchernignobyl, quando quiser falar de politica é bem-vindo, quando quiser fazer comédia, envie os seus email para o BE, pois eles são os comediantes, os palhaços da política.

O profissionalismo da TSF


A TSF fez uma reportagem sobre a entrega de meios às forças de segurança. Mas mais uma vez, deturpou a informação e deu enfâse a dois pormenores de menor importância.

- O banho que a assistência apanhou
- Os comentários do ministro da Administração interna e do responsável da segurança no Euro 2004.

Depois de meses, em que os medias criticaram o governo e os organizadores do Euro 2004, dizendo que a organização tinha muitas falhas, dando inúmeros tempos de antena aos sindicatos, que recorrentemente dizem sempre mal do que está feito, promovendo debates, não fazem agora o contraponto da situação, informando cabalmente os portugueses, sobre a entrega de meios para o Euro 2004.

Cabia aos media, portanto também à TSF – a rádio dos sindicatos – informar que existia falta de meios, sem ser necessário dizer mal da capacidade de organização do nosso pais, mas agora também era importante relatar a entrega de 400 (quatrocentas) viaturas, ao SEF, PSP e GNR.

Mas a TSF, só se preocupou com a molha que os assistentes levaram. São como os miúdos, só dão voz às coisas caricatas. Isto poderá compreender-se se o jornalista destacado for um júnior, um miudeco. É a qualidade dos jornalistas TSF

Mas mais grave, é tentarem mais uma vez gerar confusão entre o Ministro da Administração Interna e o General Leonel de Carvalho.

Quando o pais tem dentro de cerca de 20 dias a organização do maior evento que o pais alguma vez organizou, o que muito me orgulha como português, fico verdadeiramente entristecido quando observo um órgão da imprensa a inventar problemas e a causas entropias na organização do EURO.

Sr. Director,

Venho por este meio solicitar o nome do jornalista que fez a reportagem da entrega de meios às forças de segurança, pois é importante saber os pseudo-profissionais, que põem a intriga e a maledicência à frente, de valores mais importantes como a verdade, a justiça e a alegria de ser português.

Lamentável TSF, que falta de profissionalismo. Não inventem ... digam a verdade


2004-05-11

Shame on you, Dr. Jorge Sampaio, Shame on you.



O Dr. Jorge Sampaio, socialista oriundo de movimentos de esquerda era bem o exemplo do politico, que em tempo foi um radical, mas que com o passar dos tempos se tornou num equilibrado politico.

Mas no seu âmago está aquela centelha de esquerda, que torna os politicos de raiz esquerdista a serem complexados e que recorrentemente os leva a fazerem acções inqualificavel.

A condecoração da Drª Isabel do Carmo, foi uma delas e a grande maioria que ficou revoltada não se pode esquecer que o Dr. Jorge Sampaio, agora presidente dos Portugueses é um socialista da ala esquerda do PS e como tal um politico que por vezes se deixa influênciar pelos enormes complexos que a esquerda portuguesa sofre e da qual não se cura.

Tenha vergonha, Dr. Sampaio, tenha vergonha.

Os terroristas, em democracia, não se condecoram.

Eles Mentem Eles Pagam

O BE, no seguimento da sua politica de demagogia e de envenenamento da opinião pública, na prossecução da sua estratégia de maledicência e calúnia, está a fazer uma enorme campanha outdoor.



Penso que fará parte da sua campanha para as eleições europeias, mas mais uma vez a opção escolhida é a de dizer mal.

Mais uma vez informam mal o povo, que dizem defender e mentem na publicidade sempre negativista que aplicam.

Desta vez construíram uma campanha com fotomontagem e onde dizem que eles mentem eles perdem.

Eu diria:

Eles mentem - Eles pagam

Mentem porque:

1. Não está provado que os lideres democratas por eles visados, mentiram. O BE como organização extremista e radical, ataca os lideres democráticos, porque não gosta de democracia. E defende incompreensivelmente os tiranos. Será porque é a politica que aplicariam se fossem governo?

2. Esquecem, não sabem ou omitem propositadamente, que existem ciclos políticos. Os governantes que estão no poder ficam desgastados e existe um potencial grande para perderem as eleições. Pelo menos em democracia. É o ciclo político normal, que o BE não conhece, porque não é partido para estar no poder, pois é um partido de extremistas e radicais. No tipo de regimes que eles defendem isso não acontece, de facto.

Exemplo: Cuba - Fidel Castro.

3. Esqueceram-se de dizer que os lideres europeus que estavam do outro lado da barricada, também já perderam. Gerhard Shroëder, e Jacques Chirac, nas eleições regionais.

4. Mentem quando dizem que José Maria Aznar, perdeu. Nada mais errado, quem perdeu foi Rajoy, pois o antigo primeiro-ministro espanhol, saiu por vontade própria. E com o trabalho que ele fez, não me admirava se ele voltar a aparecer na cena politica.


Pagam porque:

Porque para fazerem esta campanha mentirosa, pagam uma enorme campanha publicitária.

Fizemos um apanhado muito sintético dos vários placard’s que encontramos e verificamos que a campanha é vasta e a nível nacional. Junto colocamos alguns quadros com o que encontramos.



Com este rápido levantamento e fazendo uma projecção calculamos que o BE, está a fazer 2 campanhas de 100 locais cada. Uma para placard’s de 8m x 3m e outra de placard’s mais pequenos, 2m x 2m.



Contactamos então, a RED, sobre o preço de uma campanha desta dimensão. A informação foi de que os espaços, sem incluir a produção dos cartazes, artes finais, fotolitos, etc.... custa 56.000 Contos/mês para a campanha 8m x 3m e 16.000 contos/mês para a campanha 2m x 2m.

Perguntamos:

- Como é que um mini partido como o BE tem dinheiro para pagar campanhas desta dimensão?
- Não será imoral que este partido gaste mais de 70.000 Contos/mês quando representa somente 2,6% dos votos dos portugueses?
- Um partido com dirigentes que tanto criticam o despesismo, têm moral para gastar enormes somas em campanhas negativistas?
- E será que o radical Dr. Anacleto Louçã consegue dormir?

Neste caso, já não se preocupa com os desempregados e com as falências. É que neste caso, é ele o beneficiado e deve pensar que está acima da lei. As negociatas dele não podem ser questionadas!!!

Deixo aqui um apelo para que as autoridades competentes façam uma investigação aos gastos dos extremistas de esquerda, agora vendidos aos métodos do marketing do capitalismo.

Investigue-se, investigue-se .... eles merecem.

2004-05-06

Quem abre a boca diz disparate

Existe uma parte da “ilustre” classe dos jornalistas no nosso pais, que sendo uns complexados de esquerda, tentam atacar os valores e os princípios que a maioria do nosso povo continua a defender.

O Presidente da República condecorou no passado mês a Dr.ª Isabel do Carmo. Não queria acreditar, que uma pessoa equilibrada e com inegável bom senso tivesse feito um gesto como este. É que condecorou uma terrorista, uma bombista, que assaltou banco e atacou outros portugueses. Mas mais grave, não está arrependida. É que se estivesse, seria o primeiro a perdoar.

Mais uma vez, vemos os socialistas a pactuarem com o terrorismo. Não bastava em Espanha, como também no nosso próprio pais.

Mas não vi nenhuma sondagem, pois fazem-se sondagens para tudo, a saber se achavam bem a entrega desta condecoração. É que estou perfeitamente convencido que a grande maioria do povo português não concorda com esta condecoração contra natura.

O que diria a imprensa se fossem condecorados os elementos do MIRN ou do MDLP?

Se o 25 de Abril foi a revolução dos cravos, da liberdade e da tolerância, esta condecoração atribuída a uma terrorista, julgada e culpada, é uma iniciativa contra os princípios da revolução de Abril.

Esteve muito mal o Dr. Jorge Sampaio e posso dizer que me senti afrontado com este gesto inqualificável. Mas não sou só eu, muitos portugueses estão comigo, estou certo disso.

Mas pior esteve parte da imprensa e dentro da imprensa tenho de destacar o pseudo jornalista Raul Vaz.



Faz parte daquela “imprensa” que através dos seus artigos tenta manipular a opinião pública e desviar a atenção do público. Atacou o CDS/PP e o Dr. Paulo Portas, por não ter comparecido na cerimónia da entrega das condecorações, transferir a critica para quem não tem culpa.

Este pseudo jornalista é uma personagem a reter pois é personificação dos radicais de esquerda, que tenta manipular e povo. É um complexado que não trás mais valias para a nossa sociedade. Apoia os terroristas como a sua classe politica agora faz, mas a grande maioria dos portugueses não apoia e não compreende, nem tão pouco pode tolerar as injustiças que gentinha como esta quer fazer passar.

Este homem é um profissional de pouco brio, um homem com valores desviados e que tem de ser identificado como um radical e amigo do terrorismo.

Portugueses não podemos deixar que a opinião dos extremistas de esquerda, prevaleça como a verdade. Este jornalista que se retrate e que seja minimamente profissional, pois a maioria deste povo não pode mais pactuar, com a voz de uma minoria sem valores e sem princípios.

2004-05-05

Socialista = Zapatero = Capitulacionista = Daladier



Rodriguez Zapatero

Tal como Daladier, que ficou marcado para sempre como um capitulacionista aos nazis, também Zapatero não se puderá ver livre do acto que tomou. Os militares espanhóis nunca lhe irão perdoar. Os povos livres também não.




Edouard Daladier
1884 – 1970

Edouard Daladier was born in Carpentras, France, on 18th June, 1884. Daladier studied at Lyons under Edouard Herriot and as a member of the Radical Party.

Daladier became prime minister in January, 1933, but his government only survived for seven months. A second government, in 1934, only lasted for a few weeks.

Concerned by the emergence of Adolf Hitler in Nazi Germany, a group of left-wing politicians, led by Leon Blum, Maurice Thorez, Edouard Herriot, Daniel Mayer formed the Popular Front in 1934. Parties involved in the agreement included the Communist Party, the Socialist Party and Daladier's Radical Party.

The parties involved in the Popular Front did well in the 1936 parliamentary elections and won a total of 376 seats. Leon Blum, leader of the Socialist Party, now become prime minister of France and Daladier became Minister of War.

In April, 1938, Daladier once again became prime minister. He was a supporter of appeasement and on 29th September, 1938, he joined with Adolf Hitler, Neville Chamberlain and Benito Mussolini in signing the Munich Agreement which transferred to Germany the Sudetenland, in Czechoslovakia, a fortified frontier region that contained a large German-speaking population.

March 15/16, 1939 - Nazis take Czechoslovakia.

Sept 1, 1939 - Nazis invade Poland. Beggins WW2



This page is powered by Blogger. Isn't yours?